sábado, 30 de janeiro de 2010

Mistério revelado

Finalmente! Depois de uma longa semana, dou-lhes as respostas para sua pergunta: "que será que ela fez para o círculo de costura afinal?"

Aqui está:


Um paper piecing da Torre Eiffel!

Eu ia escolher tecidos completamente diferentes pra isso, mas minha querida professora me deu estes - ela não é um amor? É basicamente a mesma opção de cores que o livro que usei sugere, e eu pensei em mudá-las. Mas acho que acabou ficando muito bom usar cores lisas para a torre.

Então, seguindo as idéias do círculo de costura, começou mais ou menos assim: eu tentei reunir um grupo de garotas do trabalho para fazer parte do círculo. Sim, eu faço tudo pra trazer mais pessoas para nosso mundo craft. Nenhuma delas pareceu muito interessada, e quando a data chegou eu estava atolada de coisas para fazer no trabalho, e pessoas malvadas estavam por toda parte - então eu achei melhor não trazer ruína para mim mesma COSTURANDO DURANTE O ALMOÇO. Imagine que atrevimento ser feliz no escritório. Besteira.


O que me fez trabalhar até tarde e depois ir até meus materiais de costura por volta das 10 da noite de 13 de janeiro. E a idéia era usar o nome do blog como inspiração - "Estive pensando em você". E aí me veio a idéia: o paper piecing da Torre Eiffel! Eu estive em Paris no ano passado, e eu sempre amei aquela cidade, não sei por quê. Depois da viagem eu certamente sei o porquê - ela é linda, para dizer o mínimo. E desde então eu tenho imagens da cidade pipocando na minha mente do nada. Sempre me faz sorrir. Eu comprei o livro "365 Foundation Quilt Blocks" de Linda Causee um pouco antes de visitar Paris, e quando vi o bloco decidi que daria uma linda bolsa. Então lá fui eu começar meu projeto do círculo de costura!


Estava tarde e eu estava cansada, mas me senti tão bem de naquele momento fazer parte de algo assim. Eu sabia que alguém podia estar costurando um projeto ao mesmo tempo, e faz bem se sentir conectada a outros através de algo que amamos, não é?


Foi BASTANTE trabalhoso, tenha certeza.

Katherine pediu que déssemos algumas informações sobre o projeto, aí vai:
Espere, tem mais:


Sinta o que está ao seu redor: eu estava em casa, na minha sala de estar/jantar. A casa estava quieta, o marido estava ao computador, nos fundos do apartamento, era tarde da noite, então os ruídos tinham diminuído. Apenas eu e o aquário perto de mim, com um calmante som de água correndo.
OLHE
esquerda: a parede com um belo quadro de flores brancas numa janela.
direita: o corredor, com luz vindo do quarto onde meu marido estava usando o computador (aquela porcaria do Facebook Farm Ville...)
em frente: minha mesa de jantar - e na verdade a sala toda (o apartamento não é muito grande)
atrás: minha cozinha, com as luzes apagadas.
a seus pés: meu piso gostoso de madeira clara.
acima de sua cabeça: apenas meu teto, com luzes claras.
Feche seus olhos, que ODORES você sente? - Minha casa. E tecidos. Delícia.
Que SABORES você sente? - Nenhum, eu acho.
Feche os olhos, respire profundamente e OUÇA atentamente. - Tenho que admitir, eu realmente fiz o que a frase diz. Eu podia ouvir a água correndo no aquário, carros na rua, teclas de computador e mouse clicando, o lápis marcando o desenho e depois minha tesoura cortando o tecido do foundation.

Embora eu tenha o mau hábito de tentar coisas além das minhas habilidades atuais com DATA DE ENTREGA - não faça isso com você! - tenho que dizer: não importa quão difícil tenha sido esse foundation, estou muito feliz com o resultado. Agora tenho que escolher um tecido para fazer a bolsa e encontrar uma fonte de texto bonita para bordar "Paris" acima do foundation. E claro, vou tentar o bordado em alguma técnica que ainda não conheço. Mas não terei data de entrega dessa vez!

Obrigada, Katherine, pelo incentivo!

P.S.: Você gostou do projeto que escolhi? Desculpe torná-lo um mistério... afinal de contas, o post anterior estava cheio de dicas, não é?

9 comentários:

Suzana disse...

será uma bolsa?

Samanta disse...

Sim!! Será uma bolsa! Obviamente para levar projetos em andamento ehehhehehe

méri disse...

Que paciência, Samanta!!!!
Parabéns pois ficou uma beleza!
(também gosto muito de Paris:)

Sarah disse...

Adorei amiga! Ficou lindo! Mas também, com La Tour Eifel de inspiração, difícil não ficar né?
Um beijão!

Samanta disse...

Obrigada, Sarah! Tem razão, aquela torre é irresistível... de 365 opções no livro, ela foi a primeira que escolhi, imagina! ahhahaha

Samanta disse...

Obrigada, Méri! :) Deu muito mais trabalho do que os outros dois que fiz antes (só tinham uma seção, e os retalhos eram maiores).
Mas como se sabe, Paris é uma festa! Inclusive para agulhas, não é? ;-)
Nossa, acabei de ter uma idéia! Quando for visitar (queira Deus!) L'aiguille en fête, vou com minha futura bolsa! Chique, não?

méri disse...

Só pode, Samanta! :)

Lica disse...

Muita gente má ao redor e felicidade proibida no escritorio - conheço BEM isso. Mas ficou ótimo, imagino o trabalho absurdo que deu pra fazer! E olha que chique - a primeira costureira/artesã que conheço que lê livros "estrangeiros" sobre o assunto! E olha que sou do meio hein! huahaua Mas na verdade, como em tudo, o Brasil não tem material que preste. A gente paga pra ver propaganda em revistas e livros, e conteúdo que é bom, nada. Estou feliz por achar seu jardim, e vou sempre dar uma andadinha por aqui depois do almoço.
Bjs, saudades.

Samanta disse...

Oi, Lica! Saudade mesmo! :) Eu já procurei livros nacionais sobre esses assuntos, mas ou ninguém aqui se interessa (o que não acho que seja o caso), ou as editoras acham que não terão o retorno que esperam. Azar o deles, com a Amazon ao alcance do mouse o limite do cartão de crédito e o bom senso são o que me seguram! Agora só preciso aplicar minha Torre Eiffel numa bolsa... a caminho! ;-)