quarta-feira, 13 de outubro de 2010

É tarde! É tarde!

... mas como o coelho branco de Lewis Carroll, estou chegando lá!

Eis a primeira etapa do Paisley des Quatre Saisons:


Eu adorei fazer estes pontos! Quando vi a foto de Anne-Gaëlle, peguei minha Embroidery Stitch Bible e comecei a procurar - eu tinha certeza que já tinha visto esse ponto em forma de triângulo lá. E encontrei, era o Closed Blanket Stitch. Mas quando li as explicações no blog, vi que na verdade ela usou o ponto haste primeiro, e depois sobre ele fez o Fly Stitch (que também estão no livro, claro). O dicionário da Méri com certeza tem todos os nomes, em português, inglês e francês, depois vou conferir!

Fiz a primeira parte ontem, no feriado, e hoje fiz a segunda:


Acho que ficou bonito, mas tive que fazer algumas pequenas modificações. Fazia tempo que eu não passava tanta raiva bordando! Sabe por quê? As fitas! Ah, foi muito frustrante bordar com elas. Primeiro, não são fitas de seda, mas de cetim (a Méri já tinha me avisado que as de seda, apesar de muito mais caras, fazem muita diferença - claro que ela estava certa!). Segundo, acho que são mais grossas do que as usadas pela Anne-Gaëlle. Juntando tudo isso, foi muito difícil bordar com essas fitas. Ah, claro, também teve o problema das linhas - alguém aí, além de mim, acha que deveria existir um kit pronto pra esse stitch-along? Na verdade, se os materiais de bordado pudessem ser comprados aqui no Brasil, já seria de grande ajuda...


Para o contorno, usei uma linha perlé (coton a broder) que eu tinha comprado há muitos anos para fazer vagonite (isso eu não consigo descobrir como é em inglês... e não tem no livro!), mas nunca o fiz. A cor é a 798 da DMC, um azul muito bonito! Para o caule das flores, usei linha comum para bordado (stranded cotton mouliné) da Anchor, cor 228. E para o detalhe das flores menores, a cor 290. Não que essas coisas façam diferença pra quem ler isso aqui, mas se eu acabar esquecendo que cores usei, está anotado aqui! :-D


A próxima etapa é bordar pequenas rosas ao redor do desenho. Adivinhe só, com fitas! Ah... deseje-me sorte!

Um comentário:

avomeri disse...

Samanta, o resultado está perfeito! Até parecem fitas de seda...Parabéns!
É tudo uma questão de prática - tem que usar agulha bem grossa para que a fita de cetim deslize melhor...

Acho que no meu glossário tenho só os pontos básicos, Samanta!